A Comissão de Acessibilidade foi instituída para facilitar o encaminhamento das demandas de acessibilidade na UFSM. Atualmente presidida pela professora Tatiane Negrini, é composta por mais de 60 representantes de 34 setores (das Unidades Universitárias, dos Órgãos Executivos e das Pró-Reitorias) da instituição. Promove reuniões mensais com palestras sobre temas cujo objetivo é permitir que pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação.

Na reunião mensal desta terça-feira, dia 03 de abril, foi convidada a palestrar sobre o tema Fotografias e Acessibilidade na UFSM a arquivista do Departamento de Arquivo Geral (DAG), Cristina Strohschoen dos Santos.

A fala versou sobre o acervo fotográfico da UFSM - 1958 a 2018, e ações de acessibilidade desenvolvidas pelo DAG. Primeiro sobre a relevância da memória fotográfica institucional: acervo analógico de mais de 85 mil negativos fotográficos de 1958 a 2002 e acervo digital com um número imensurável de fotografias digitais de 1998 a 2018. Após, sobre o Projeto Retalhos da Memória de Santa Maria, projeto do DAG que promove, além da difusão e acesso a memória fotográfica institucional, em parceria com Núcleo de Acessibilidade da Coordenadoria de Assuntos Educacionais (CAED) os recursos de vídeo em libras e arquivo digital com audiodescrição das fotografias. Esta ação converge com o capítulo VII da Lei de Acessibilidade - Acessibilidade nos Sistemas de Comunicação, de 2000, sendo obrigatória nas IFES.

UFSM.2018.004.001.DAG SUBSTITUIR PELA ORIGINAL
UFSM.2018.CPD

 

 

 

 

 

 

 

Fotografias: Andréia Devalle Rech (CAED) e Pedro Henrique Machado(CPD)