A 12ª edição da Mostra de Cinema de Ouro Preto  (Cineop) foi realizada de 21 a 26 de junho, evento que se consolida como um instrumento de reflexão e luta pela salvaguarda do patrimônio audiovisual brasileiro.

Na manhã de sábado, dia 24 de junho, aconteceu o Seminário Mudanças Tecnológicas, Oportunidade e Desafios: Preservação Audiovisual Digital. A Coordenadora da Comissão de Estudos da Gestão de Documentos Arquivísticos Institucionais (Gedai/UFSM), arquivista Neiva Pavezi, pontuou o conceito de Repositórios Arquivísticos Digitais Confiáveis (RDC-Arq) e o contexto documental onde se inserem os filmes de cinema e os programas de TV, a exemplo do acervo da TV Campus da UFSM, cujo projeto de preservação digital arquivístico está em andamento, sob coordenação do Departamento de Arquivo Geral. Participaram do debate o coordenador da Rede Cariniana do Distrito Federal, Miguel Ángel Márdero Arellano; o fundador da Empresa 2olhares do Rio de Janeiro, Lucas Saldanha Werneck; e o coordenador de preservação e laboratório da Cinemateca Brasileira de São Paulo, Rodrigo Mecês. O debate foi mediado por Ines Aisengart Menezescuradora da Temática da Preservação.